INFORMAÇÕES

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Redenção: Jovem aliciado por falso olheiro de futebol reencontra família

Adolescente foi levado da cidade de Redenção há um ano. Após fugir do aliciador, jovem teria procurado ajuda da polícia.
Mãe abraço o filho depois de um ano

Um adolescente que estava há um ano desaparecido, após ser aliciado por um falso olheiro de futebol, reencontrou a mãe no último domingo (9), na casa da família, em Redenção.

O jovem foi levado do município em fevereiro de 2013. João treinava em um campo de futebol com alguns amigos e foi visto pela primeira vez por Marcilon Lobo, homem que se dizia olheiro do Paysandu. Lobo insistiu com a família do adolescente e convenceu a mãe do garoto a deixá-lo ir para Belém, onde supostamente faria um teste para entrar no time, o que nunca ocorreu.

“Eu criei expectativa de que eu estava assinando vários contratos. Ele me ameaçava, falava que ia atrás de mim se eu fosse embora”, conta o adolescente.

Marcilon Lobo já tem passagem pela polícia por estelionato e está foragido. No final do mês de janeiro, o jovem teria conseguido fugir do Maranhão, onde estava sendo mantido, e procurou ajuda na delegacia de Castanhal. O adolescente ficou 13 dias em um abrigo na capital paraense. “Agora eu vou recomeçar, retomar minha vida como era antes”, prevê. O avô do jovem veio até o abrigo no último fim de semana, em Belém, para encontrá-lo e entregá-lo à mãe, que o aguardava com ansiedade.

Adriana Cruz, mãe de João, preparou a casa para recebê-lo: arrumou o quarto do filho e preparou a comida preferida dele, pamonhas. Na chegada, um abraço pôs fim à espera de um ano. “Agora é só alegria, seguir a vida para frente e recomeçar. Vou colocar ele para estudar e praticar o esporte dele, que é o que ele mais gosta”, disse Adriana. (G1/PA)