INFORMAÇÕES

sábado, 22 de fevereiro de 2014

TO: Homem morreu por causa de dívida de aluguel, aponta investigações

Crime aconteceu no dia 13 de fevereiro, em Palmas. Homem foi assassinado enquanto dormia em uma quitinete.
Geraldo foi morto por causa de dívida de aluguel

 Investigações da Polícia Civil apontaram que o crime que provocou a morte de Geraldo Queiroz da Silva, de 39 anos, e ferimentos no filho dele, de 14 anos, foi motivado por causa de uma dívida de aluguel. O assassinato aconteceu no dia 13 de fevereiro na quitinete onde os dois moravam, no Jardim Aureny I, sul de Palmas. O principal suspeito do crime é o dono do imóvel, Joaquim Dias Prado. A prisão temporária dele foi decretada.

Segundo a polícia, a vítima estava dormindo quando o dono do imóvel chegou para receber o aluguel. Testemunhas que estavam próximas ao portão das quitinetes ouviram os disparos. Dois tiros atingiram Geraldo no peito e um no braço esquerdo. O filho do homem, de 14 anos, também foi atingido. Ele tem necessidades especiais. Ele chegou a ser levado para o hospital, mas foi liberado em seguida.