INFORMAÇÕES

quinta-feira, 13 de março de 2014

Itupiranga: MP pede afastamento de vereadores por fraude em empréstimo bancário

O Ministério Público do Estado do Pará, através do promotor de Justiça de Itupiranga Arlindo Jorge Cabral Júnior, denunciou na terça-feira (11) sete vereadores da Câmara Municipal por formação de quadrilha e fraude e pede o afastamento desses membros da Casa Legislativa. O gerente do Banco do Estado do Pará (Banpará) também responderá pelos mesmos crimes.

O MP quer o imediato afastamento dos cargos públicos ocupados por todos os denunciados, a quebra de sigilo bancário, fiscal e de dados dos acusados e o bloqueio cautelar de quaisquer contas correntes, poupanças, fundos de investimentos ou ações dos denunciados. A promotoria quer, ainda, que seja determinado ao Banpará a imediata suspensão da cobrança dos valores referentes aos três empréstimos.

"Os indícios de materialidade e a autoria do delito estão não somente evidentes, mas efetivamente comprovados, por farta documentação, assim como os depoimentos das próprias vítimas da organização criminosa", explica o promotor de Justiça Arlindo Cabral.

Caso
De acordo com o MP, em 7 de fevereiro de 2013, os vereadores procuraram a tesoureira da Câmara dos vereadores de Itupiranga com o intuito de concluir empréstimos fraudulentos no Banpará em nome de três servidores da Câmara. (G1/PA)