INFORMAÇÕES

quarta-feira, 19 de março de 2014

TRE poderá votar recurso contra Vanderlei e Iavé nesta quinta

Prefeito Vanderlei Coimbra e vice Carlo Iavé
A corte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Belém, se reúne nesta quinta-feira (20/03) para julgar o processo impetrado pela coligação "Pra Redenção Continuar Mudando", liderada pelo candidato a prefeito Wagner Fontes e vice-prefeito Isidório Júnior, contra a coligação "Unidos por Amor a Redenção", do candidato a prefeito eleito Vanderlei Coimbra e o vice-prefeito Carlo Iavé.

A denúncia acusa que houve conduta vedada, ou seja, uso de prédio público e funcionários públicos na campanha de Vanderlei Coimbra e seu vice Carlo Iavé. Segundo a acusação, fora feita uma reunião política dentro do Hospital Público Regional de Redenção, com a presença de médicos e funcionários e exibido durante o horário político gratuito.

Esse recurso já foi julgado na Comarca de Redenção, pela Juíza Adriana Tristão, que condenou a coligação "Unidos por Amor a Redenção" pagar uma multa, cujo valor foi comentando em torno de R$ 15 mil.

A corte poderá decidir pelo arquivamento do processo ou pela condenação. A pena poderá ser a cassação do diploma do prefeito Vanderlei Coimbra e do vice Carlo Iavé, e nesse caso o presidente da Câmara de Vereadores, José Cláudio assumiria a prefeitura até que seja marcada uma nova eleição. O vice-presidente da Câmara de Vereadores, Mazinho assumiria a presidência da Casa de Leis.

A corte também poderá decidir pela condenação, mas com o prefeito e vice ficando no poder até sair a decisão final do TSE, em Brasília, caso a coligação  "Unidos por Amor a Redenção" recorra ao TSE.