INFORMAÇÕES

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Mundo: Soldado baleado por atirador em memorial no Canadá está morto

Atirador foi morto em troca de tiros no Parlamento. Polícia procura por mais suspeitos no centro de Ottawa.
Soldados canadenses em alerta total

O soldado canadense que levou um tiro nesta quarta-feira (22) no memorial de guerra do Canadá em Ottawa  morreu, segundo anunciou o ministro de empregos e desenvolvimento social Jason Kenney no Twitter. A informação foi confirmada, pela polícia de Ottawa, que ainda afirmou que a vítima não será identificada por ora.

Kenney ainda disse que um guarda do Parlamento, onde mais tiros foram disparados, também ficou ferido após a troca de tiros.

A polícia ressaltou que a operação de buscas por suspeitos continua e recomendou que os moradores fiquem longe do centro da cidade.

Após o soldado ser baleado, múltiplos disparos ocorreram no bloco central do Parlamento. O edifício do Parlamento foi fechado, e policiais e equipes táticas foram para o local, que foi cercado. Pessoas que estavam dentro dos prédios foram retiradas após uma triagem.

O soldado fazia a guarda externa da sede do Parlamento e foi gravemente ferido. Ele foi socorrido em uma ambulância, e outros veículos do tipo estavam no local.

Um atirador foi morto e outros possíveis envolvidos são procurados. Segundo a TV canadense CBC, um suspeito foi morto dentro do prédio do Parlamento. Testemunhas disseram ter visto o homem que atirou no soldado correr para o local.

Segundo a CNN, Marc Soucy, da polícia de Ottawa, disse que as autoridades tentavam determinar se dois ou três atiradores estão envolvidos no ocorrido. (G1)