INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Distrito São José: Polícia investiga assassinato de Jabuti

Suspeitos estão presos
Um crime de homicídio com ocultação de cadáver foi descoberto na segunda-feira (17), no distrito São José do Araguaia, pelos policiais militares da localidade. A vítima fora um homem conhecido apenas pelo o apelido de “Jabuti” que chegou ao distrito há cerca de três meses, vindo do Tocantins.

Assim que chegou ao lugar, montou uma oficina mecânica em sociedade com Orlando Bezerra de Sousa e Carlos Pereira da Silva. Na sexta-feira (14), os três teriam saódo para ir pescar, e foi neste exato dia que “Jabuti” desapareceu. Uma hora, os sócios diziam que ele estava para Xinguara, outra hora diziam que ele tinha ido à Araguaina.

O certo é que as pessoas começaram a desconfiar que ambos haviam matado “Jabuti”, até que um telefonema anônimo foi feito à polícia relatando os fatos. A Polícia Militar passou a investigar os passos dos suspeitos, até ao vê-los passando no carro vítima.
Corpo de Jabuti

Abordados, Orlando e Carlos foram levados para a delegacia, onde depois de serem interrogados, confessaram a morte do sócio deles, só que um acusa o outro de autoria do crime, mas a polícia diz ter certeza que ambos são culpados.

Após assassinarem “Jabuti”, a golpes de facão, eles cavaram uma cova rasa onde ocultaram o cadáver. Acompanhados da polícia, eles foram até o local e mostraram onde haviam enterrado o corpo.

Há informações dando conta que “Jabuti” era foragido de Palmas (TO), onde teria matado um homem e baleado uma mulher. Sobre seu assassinato, a policia quer saber o motivo, pois há indícios de que fora um latrocínio, pois os suspeitos estavam de posse do carro da vítima, quando foram presos. (Edmar Brito)