INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

OAB/PA acredita que morte de advogado foi encomendada

A Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Pará (OAB-PA) acredita que o assassinato do presidente da Subseção de Parauapebas, Jakson Souza e Silva, 45 anos, foi um crime encomendado.

A diretoria da Ordem decretou luto oficial de três dias pela morte do advogado, ocorrida no final da noite de sábado (24) em Manaus (AM).

Segundo a OAB, o advogado estava em Manaus a trabalho quando teria sido abordado por dois homens em uma moto. A dupla atirou no abdômen de Jakson e fugiu do local sem levar dinheiro, celular ou a pasta que ele carregava. A vítima foi socorrida e levada a um hospital, mas não resistiu ao ferimento.

O presidente da OAB-PA, Jarbas Vasconcelos, o conselheiro seccional, Robério D'Oliveira e o vice-presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas da instituição, Rodrigo Godinho, estão em Manaus para acompanhar toda a investigação do caso. (G1/PA)