INFORMAÇÕES

domingo, 24 de maio de 2015

Araguaína (TO): Legista encontra 58 pedras de crack na vagina de mulher morta

Um médico legista encontrou 58 pedras de crack na vagina de uma mulher que foi assassinada na noite de sexta-feira (22), em Araguaína. De acordo com a Polícia Militar, a vítima de 33 anos, que não teve o nome revelado, foi executada com um tiro na cabeça por volta das 20h30, em um bar no setor Itaipú.

Depois do crime, o corpo da mulher foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade, onde a droga foi encontrada durante o exame de necropsia. A polícia acredita que a vítima tinha envolvimento com o tráfico de entorpecentes e que a execução dela está relacionada com este crime.
Conforme informações da PM, nenhum suspeito do homicídio foi preso até o momento. (G1/TO)