INFORMAÇÕES

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Sapucaia: Rei do Gado e MST chegam a um acordo sobre fazenda Rio Vermelho

Um acordo inédito de permuta de terras no Pará pacifica uma das áreas mais violentas do país. Na fazenda Rio Vermelho, de 36 mil hectares, localizada entre os municípios de Sapucaia e Xinguara, no sul do Pará, já ocorreram invasões, tiroteios, mortes de animais, até denúncia de trabalho escravo e inclusão do imóvel na chamada lista suja do Ministério do Trabalho.

Há 9 anos, parte da área está em poder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que mantém no local 150 famílias. Agora, com a mediação do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), o fazendeiro Fernando Luiz Quagliato e o MST partiram para a conciliação de interesses, trocando parte das terras.

Ficou decidido que 2 mil hectares da fazenda, que segundo o Incra, o Ministério Público Federal (MPF) e próprio MST pertencem à União e não à família de Roque Quagliato, seriam trocados por uma área de 3,6 mil hectares oferecida pelo fazendeiro Fernando Luiz Quagliato, irmão de Roque.

Na ação civil pública proposta conjuntamente pelo MPF e Incra em trâmite na Vara Federal de Marabá, está em jogo a retomada desses 2 mil hectares, onde está localizada a fazenda Arrozal I, com 690 hectares, e Arrozal II, com 1.380 hectares. (blog do Luiz Pereira)