INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Seguro-desemprego: MPF denuncia desvio de R$ 14 milhões em São Félix e Redenção

O Ministério Público Federal denunciou à Justiça 13 pessoas sob a acusação de desvio de cerca de R$ 14 milhões da Previdência Social em São Félix do Xingu e Redenção. O grupo foi acusado de formação de organização criminosa, estelionato, inserção de dados falsos em sistema de informações, corrupção passiva, lavagem de dinheiro, comunicação falsa de crime e exercício ilegal de profissão. 

A denúncia foi encaminhada à Justiça Federal em Redenção no final de abril. Caso sejam condenados, os denunciados ficam sujeitos a penas que chegam a 16 anos de reclusão e multa. Segundo as investigações, dois funcionários públicos integrantes da organização repassaram suas senhas do Sistema Nacional de Emprego (Sine) ao grupo para possibilitar fraude no sistema de seguro-desemprego. Utilizando dados de trabalhadores empregados, o grupo conseguia forjar a necessidade de concessão de seguro-desemprego para esses trabalhadores e ficava com o dinheiro. 

De acordo com o procurador da República Felipe Giardini, de Redenção, utilizando um programa de informática, um técnico em contabilidade acusado de liderar o grupo fez 100 milhões de acessos ao sistema de inserção e alteração de requerimentos de seguro-desemprego.