INFORMAÇÕES

domingo, 3 de maio de 2015

TO: Trabalhadores Sem-Terra invadem fazenda e trocam tiros

Armas apreendidas na área de invasão 
Cerca de 80 pessoas do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra que ocupavam a sede da fazenda Santa Hilário, em Araguatins, extremo norte do estado, deixaram o local, na tarde de sábado (2/5), após uma negociação com a polícia. Eles invadiram a fazenda na madrugada do mesmo dia e trocaram tiros com uma família. Um membro do movimento foi atingido no quadril e precisou ser levado ao hospital da região. Os trabalhadores reivindicam a reforma agrária e alegam que a propriedade pertence à União.

A Polícia Militar disse que na madrugada de sábado foi acionada pelo aposentado Carlos Alberto Teixeira de Castro, 71 anos. Ele disse que estava na fazenda com a família visitando um amigo quando todos foram surpreendidos por uma suposta quadrilha. No caminho para o local, a polícia abordou um caminhoneiro.

O motorista disse à polícia que havia sido contratado para levar até a fazenda integrantes do MST. Ele contou ainda que alguns membros estavam armados e teriam trocado tiros com moradores da fazenda. (G1/TO)