INFORMAÇÕES

Envie informações para o blog. WhatsApp 99193 6270 ou e-mail: otavioaraujo19@hotmail.com. Otávio Araújo é correspondente da Rádio Clube do Pará para o sul do Pará.

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Água Azul: Fazendeiro morre durante confusão por causa de dívida

O fazendeiro José Antônio Duarte, conhecido como “Zé Badú”, dono da Fazenda Santa Luzia, na região da vila Jussara, no município de Água Azul do Norte, foi assassinado com uma facada a altura do peito, na manhã desta quinta-feira (9), por volta das 7h00.

De acordo com as primeiras informações, o crime teria sido cometido pela senhora Elza, no momento que o pai dela, o fazendeiro Pereira da Silva, também conhecido como “Antônio Careca”, travava luta corporal com Zé Badu, por causa de acerto de contas referente a um empréstimo bancário contraído por um filho do Antônio Careca, já falecido, em que Zé Badú era o avalista da dívida.

Zé Badú foi socorrido com vida e trazido para Xinguara em cima de uma caminhonete, mas entrou em óbito antes de chegar ao hospital. Ainda segundo o que a polícia já pode apurar, seu Antônio culpava Zé Badú pela morte de seu filho, o ex-vereador “Biro Biro”, inclusive, na hora que Zé Badú chegou a fazenda de seu Antônio para conversar com ele, este perguntou o que era que ele estava fazendo ali, e o acusou de ser o assassino de seu filho, mas Badu negou categoricamente dizendo que o criminoso estava preso e que não tinha nada a ver com o crime.

Em seguida, armado com um revólver, Antônio partiu pra cima de Zé Badú na tentativa de atirar, mas este reagiu e tentou tirar a arma das mãos do fazendeiro. Foi neste momento que Elza, temendo pela vida de seu pai, atingiu a vítima com uma única facada no peito. O corpo de Zé Badu será trasladado para Goiânia, onde moram seus familiares. (Edmar Brito)