INFORMAÇÕES

Envie informações para o blog. WhatsApp 99193 6270 ou e-mail: otavioaraujo19@hotmail.com. Otávio Araújo é correspondente da Rádio Clube do Pará para o sul do Pará.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

São Félix do Xingu: Delegado Gabriel Henrique é acusado de abuso de autoridade

Delegado Gabriel Henrique
A técnica de enfermagem Edinalva Rodrigues da Silva, lotada na prefeitura de São Félix do Xingu, denunciou através da rede social, que na sexta-feira (07/08), ela e sua filha menor de idade, foram vítimas de abuso de autoridade. Ela acusa o delegado Gabriel Henrique e um investigador chamado Ronaldo de terem adentrado no quintal de sua residência e aos gritos, com arma em punho, feito agressões verbais, inclusive disparado um tiro.

Para reportagem, a técnica disse que o delegado chegou à sua residência para uma abordagem e agrediu verbalmente às pessoas que estavam no local. Ela disse que sua filha de 14 anos estava no colo de seu irmão, e que o delegado apontou a arma para eles à altura do rosto da garota e que a menina entrou em pânico e começou gritar. “Em seguida o delegado Gabriel disparou um tiro no chão, próximo aos pés da minha filha, ela desmaiou na hora”, disse a mãe.
Edinalva fez a denúncia 

Devido o estado de tensão a menor passou a sangrar, mas logo em seguida a mãe disse que descobriu que ela veio a menstruar. A menor foi levada para o hospital. Edinalva Rodrigues disse que foi à delegacia para registrar ocorrência contra o delegado, e que lá foi recebida pelo mesmo delegado, e que ele não quis registrar a denúncia. O fato está tendo muita repercussão.

Em entrevista, o delegado disse que foi ao local para averiguar uma denúncia feita por um empresário da cidade, de que pessoas estariam invadindo uma área de sua propriedade e que ao chegar ao local encontrou três pessoas, dentre elas a mãe da menor e dois homens, e que um deles contestou a abordagem e tentou agredi-lo com um pedaço de pau e que por isso atirou para o chão.

Nossa reportagem levantou que se trata de uma polêmica envolvendo uma área urbana e que, a ida do delegado e do investigador ao local foi para atender um empresário de nome Fernando que diz ser o dono dos lotes e que a casa de Edinalva Rodrigues é ao lado da área.

A técnica de enfermagem disse já constituiu um advogado para lhe representar e que vai processar o delegado pelo o que chamou de abuso.

O delegado Gabriel contesta todas as informações denunciadas pela técnica de Enfermagem. (Fonte: Jornal A Notícia)