INFORMAÇÕES

Envie informações para o blog. WhatsApp 99193 6270 ou e-mail: otavioaraujo19@hotmail.com. Otávio Araújo é correspondente da Rádio Clube do Pará para o sul do Pará.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Redenção se engaja na campanha Lacres que Salvam para o Hospital de Câncer de Barretos

Logomarca oficial dos voluntários de Redenção
Solidariedade. Essa é a palavra chave da campanha Lacres que Salvam, dosvoluntários de Redenção, sul do Pará, que objetiva coletar lacres de alumínio das latinhas de bebidas, que serão enviados para o Hospital de Câncer de Barretos/SP (HCB).
Karina, Nilton, Eliana e Jody coordenador de captação do HCB

Segundo, Nilton Cesar Ferreira, coordenador dos voluntários do Hospital de Câncer de Barretos/SP, em Redenção, é grande a manifestação das pessoas em querer ajudar na coleta dos lacres. “Depois de juntar os lacres, as pessoas podem procurar as voluntárias Leide pelo telefone 94 992132979 ou ainda Lúcia no telefone 94 99118 4942 e entregar a quantidade que foi coletada”, frisou Nilton Cesar.

Em 2014 foram realizados mais de 300 procedimentos para pacientes do município de Redenção. Esse ano já foi encaminhado mais de 20 pessoas. Todo o tratamento no HCB é totalmente gratuito.
Documentos necessários para o encaminhamento: Cópias do RG, CPF, Cartão SUS, Biopsia, exames relacionados ao problema, encaminhamento médico, comprovante de endereço, e número de telefones para contatos.

Nesse ano de 2015 os voluntários de Redenção, promoveram o I Leilão Direito de Viver, e foi arrecado R$ 235 mil, que foi enviado para o HCB. No sul do Pará os municípios que têm coordenação são: Redenção, Nilton Cesar; Rio Maria, Eliana; e Xinguara, Karina. Fotógrafos voluntários de Redenção: Bellochio e Wilson Batista.
Leilão solidário realizado em Redenção em prol do HCB

EM NÚMEROS
O HCB oferece diariamente 7 mil refeições; em média de 4 mil procedimentos por dia entre consultas, exames, cirurgias, entre outros. Fechou o ano de 2014 com déficit de mais de R$ 10 milhões. As contribuições são oriundas dos artistas, empresários, governo federal, voluntários e da sociedade em geral, através de doações. (Otávio Araújo)