INFORMAÇÕES

Envie informações para o blog. WhatsApp 99193 6270 ou e-mail: otavioaraujo19@hotmail.com. Otávio Araújo é correspondente da Rádio Clube do Pará para o sul do Pará.

domingo, 24 de janeiro de 2016

Polícia prende 49 por fraude no concurso dos bombeiros no Pará

Grupo liderado por funcionário público alugou escola, de onde passava o gabarito das provas a candidatos no Tenoné com telefone celular.

Quarenta e nove pessoas foram presas pela Polícia Civil por tentativa de fraude na prova do concurso do Corpo de Bombeiros do Pará na tarde deste domingo (24). A quadrilha alugou um colégio próximo a uma escola estadual no bairro do Tenoné, onde a seleção do concurso era realizada. Do colégio, os suspeitos passavam o gabarito da prova para os candidatos por telefone celular.

O grupo está preso na sede da Divisão de Investigação e Operações Especiais (DIOE), no bairro da Campina, em Belém. Entre os presos está o homem que organizou o esquema de fraude, ele prestou depoimento agora à tarde. O suspeito é funcionário público e ainda não teve o nome divulgado. A Polícia Civil investiga quem são os candidatos que participaram da fraude com cola eletrônica.

A secretária de Administração do Estado, Alice Viana, e o delegado-geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino, estiveram no local para acompanhar os depoimentos.

Outro lado
A Consulplan, organizadora do concurso, informou que apenas a Polícia Civil está autorizada a se pronunciar sobre o caso.

Seleção polêmica
O concurso dos bombeiros havia sido suspenso pela justiça, que acatou um pedido do Ministério Público do Estado do Pará alegando que a aplicação das provas não contemplava a cidade de Itaituba, na região do Tapajós. A Procuradoria Geral do Estado (PGE) recorreu e garantiu a realização das provas hoje.