INFORMAÇÕES

Envie informações para o blog. WhatsApp 99193 6270 ou e-mail: otavioaraujo19@hotmail.com. Otávio Araújo é correspondente da Rádio Clube do Pará para o sul do Pará.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Nem toda gestante com Zika desenvolve microcefalia, diz médico

A doença pode se desenvolver quando a gestante contrai o vírus entre o 1º e o 2º trimestre da gestação, fase do desenvolvimento cerebral do bebê.
Dr. Duarte Queiroz - Ginecologista

“Mesmo com a propagação do vírus Zica, nenhum caso suspeito de microcefalia foi constatado em Redenção até agora”, diz o ginecologista Duarte Freitas Queiroz, do Hospital Santa Mônica.

Segundo o especialista, nem todo caso de microcefalia é consequência do vírus Zika. Outros vírus podem causar a doença, tais como toxoplasmose e rubéola, dentre outros. “O Zika é um dos vírus que podem causar a microcefalia, mas muitos estudos ainda devem ser feitos para comprovar isso”, analisa Queiroz.

De acordo com o médico, criou-se uma expectativa na população de que toda gestante vai desenvolver microcefalia, e isso, conforme Queiroz, não é verdade. A doença pode se desenvolver quando a gestante contrai o vírus Zika entre o 1º e o 2º trimestre da gestação, fase do desenvolvimento cerebral do bebê. “A partir deste período, diminui o risco da gestante que contraiu o Zika desenvolver a microcefalia, segundo especialistas”, afirma o médico.

O ginecologista alerta a gestante de Redenção afirmando que, em caso suspeito de Zika, procure o médico que faz o acompanhamento de sua gestação, o pré-natal. Este profissional irá orientá-la, qual o procedimento a ser tomado. “Não há razões para desespero. O pré-natalista irá encaminhar a gestante para um tratamento correto da doença”, afirma. (João Lopes - Nosso Jornal)