INFORMAÇÕES

Envie informações para o blog. WhatsApp 99193 6270 ou e-mail: otavioaraujo19@hotmail.com. Otávio Araújo é correspondente da Rádio Clube do Pará para o sul do Pará.

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Marabá: Acusados de chacina vão a julgamento

Três homens vão a julgamento na manhã desta quinta-feira (7), em Marabá, no sudeste do Pará, sob acusação de participação no assassinato de um sindicalista, da mulher e do filho deles, em 2001, em um crime que ficou conhecido como a chacina de Morada Nova. A previsão é que o júri dure três dias.

O fazendeiro João Davi de Melo e o ex-presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Marabá, Evandro Marcolino Caixeta, são acusados pela promotoria de serem os mandantes do homicídio. Domingos Corrêa Bibiano é acusado de intermediar o crime. O advogado responsável pela defesa dos réus disse que irá se pronunciar apenas ao final do julgamento.

O sindicalista José Pinheiro Lima, conhecido como Dedé, a esposa Cleonice Campos Lima e o filho deles, Samuel Campos Lima, foram assassinados dentro da própria casa, em julho de 2001, no distrito de Morada Nova. (G1/PA)