INFORMAÇÕES

Envie informações para o blog. WhatsApp 99193 6270 ou e-mail: otavioaraujo19@hotmail.com. Otávio Araújo é correspondente da Rádio Clube do Pará para o sul do Pará.

terça-feira, 26 de julho de 2016

TO: Chacina na BR-153 foi motivada por rixa entre famílias, diz polícia

MATÉRIA ATUALIZADA

Corpos das cinco vítimas foram liberados pelo IML de Araguaína. Eles devem ser enterrados em Brasília (DF); duas pessoas sobreviveram.

A Polícia Civil acredita que a chacina na BR-153, em Wanderlândia, norte do Tocantins, foi motivada por uma rixa de famílias ciganas. Os corpos das cinco vítimas foram liberados pelo Instituto Médico Legal de Araguaína na noite de segunda-feira (25). Eles devem ser sepultados em Brasília (DF).

As vítimas são Alan da Silva, de 30 anos; Sidiney Pereira dos Santos, de 78 anos; Weslley Alves da Silva, de 25 anos; Deuzenir Alves da Silva, de 60 anos, e um menino de cinco anos que foi lançado para fora do carro, e não identificado. Eles são da mesma família e teriam sido mortos a tiros após um acidente de carro na manhã de segunda-feira.

Sobreviventes
Uma mulher que sobreviveu a execução contou à polícia que se fingiu de morta e tapou com as mãos a boca do filho de dois anos para que eles não fossem mortos. Liliane da Silva e Enzo Henrique foram levados para o Hospital Regional de Araguaína (HRA). A informação é do delegado regional da Polícia Civil de Araguaína, Hemerson Francisco de Moura. (G1/TO)