INFORMAÇÕES

Envie informações para o blog. WhatsApp 99193 6270 ou e-mail: otavioaraujo19@hotmail.com. Otávio Araújo é correspondente da Rádio Clube do Pará para o sul do Pará.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Redenção: Júlio César, ex-Flamengo, participará de bate bola no Sintracomrre

O ex-jogador do Flamengo (RJ), Júlio César, campeão brasileiro de 1992, na final com o Botafogo, faz um bate bola nesta terça-feira (28) na sede campestre do Sintracomrre (Sindicato dos Comerciários), às 17 horas.
Júlio César (primeiro agachado)

HISTÓRICO
Promessa do Atlético Goianiense no final dos anos 80 e começo dos anos 90, Júlio César García, o Júlio César, foi um dos bons coadjuvantes do Flamengo, do ótimo Júnior, campeão brasileiro de 1992. Além dos rubro-negros carioca e goiano, Júlio César jogou pelo Guarani, Vila Nova (GO), Remo e outros clubes. Hoje, ele mora em Goiânia (GO).
Nos tempos de Flamengo, ele chegou a ser chamado de "O Imperador" (apelido dado por José Carlos Araújo, o Garotinho, da Rádio Globo AM do Rio). Na época, ele jogava um pouco mais avançado, embora sua posição de origem era meia-armador. Júlio César era o camisa 7 do time campeão nacional de 92. Na final contra o Botafogo, no Maracanã, no dia 19 de julho de 1992, Júlio César marcou o segundo gol do time da Gávea no empate por 2 a 2. Júnior fez o primeiro. O Flamengo, que venceu a primeira partida por 3 a 0, podia perder na decisão por até dois gols de diferença.
Nascido no dia 28 de janeiro de 1967, em Itapirapuã (GO), Júlio César também teve bons momentos jogando pelo Guarani. No Bugre, Júlio César, à época barbudo, tinha como companheiros Amoroso, Luizão, Fábio Augusto e Djalminha, os dois últimos que também trocaram a Gávea pelo Brinco de Ouro da Princesa.
No Remo em 2000, formou um bom time ao lado de outros experientes jogadores, casos de Aílton (ex-Flamengo, Fluminense e Grêmio) e Guga (ex-Santos, Goiás, Flamengo e Atlético Mineiro).


(Por Rogério Micheletti)