INFORMAÇÕES

Envie informações para o blog. WhatsApp 99193 6270 ou e-mail: otavioaraujo19@hotmail.com. Otávio Araújo é correspondente da Rádio Clube do Pará para o sul do Pará.

sábado, 25 de março de 2017

Acusado de participar da morte de líder de assentamento é preso

Suspeito de ter matado presidente da associação rural foi preso no MT. Ele é acusado de assassinar Nedir Antônio de Moraes.

A Polícia Civil realiza a transferência de Mato Grosso para Redenção, no sul do Pará, de homem suspeito de ser um dos mandantes do assassinato de Nedir Antônio de Moraes, um dos presidentes de uma associação de trabalhadores rurais da colônia Escalada do Norte, em Xinguara.

O acusado está com mandado de prisão decretado pelo Tribunal de Justiça do Pará e acabou sendo preso na cidade de Querência, no Mato Grosso. De acordo com a PC, ele possui passagem pela por roubo e porte ilegal de arma.

Nedir Moraes foi assassinado após ter ido até o município de Xinguara para trocar um cheque referente à venda de uma parcela rural do assentamento Escalada do Norte. Na volta ao assentamento, ele foi alvejado a tiros de armas de fogo vindos de um barranco na mata enquanto dirigia seu carro pela estrada perto da localidade de vila São Francisco. O crime foi testemunhado pela esposa, filha e outras duas mulheres que acompanhavam a vítima e que fugiram pela mata até conseguir abrigo em uma fazenda a cinco quilômetros do local.

Além da prisão do homem que teria arquitetado o crime, no último dia 17 de março, outro suspeito de executar a vítima foi preso com mandado de prisão preventiva. Ele e outro comparsa são apontados como executores do crime. (G1/PA)