INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

TO: Lavrador declarado morto pela ex há 23 anos consegue anular atestado de óbito

O lavrador João Paulo da Silva Rodrigues, de 63 anos, finalmente recebeu nesta sexta-feira (22) a Certidão de Anulação de Óbito. Morador de Gurupi, no sul do estado, ele tenta desde 2013 provar que está vivo.

Ele descobriu o erro após tentar se aposentar e descobrir que a ex-mulher o declarou como morto há 23 anos, passando a receber benefícios do INSS.

Para provar que está vivo, o idoso teve que esperar quase um ano pelo cumprimento de uma decisão judicial. A ação proposta pela Defensoria Pública pedia a anulação do atestado de óbito e adequação da certidão de casamento, ambas constando a morte de Rodrigues. (G1/TO)