INFORMAÇÕES

sábado, 6 de janeiro de 2018

Ourilândia (PA): Homem reage à prisão, atira contra policiais e acaba morto

Renato Oliveira, acusado de ter esfaqueado Weudson, foi baleado pela Polícia Militar e morreu com um tiro à altura do pescoço, depois de ter reagido à prisão e atirado contra os policiais. O fato ocorreu na madrugada de sábado (06), em Ourilândia do Norte. 

Uma equipe policial foi até a casa de Renato para prendê-lo. No momento em que os policiais chegaram, Renato apontou uma espingarda em direção à guarnição e atirou. Um dos policiais revidou acertando o suspeito, que chegou a ser socorrido por uma equipe do SAMU, mais não resistiu aos ferimentos e morreu.

Na casa de Renato foi encontrado uma faca, cartuchos de espingarda e uma caixa do medicamento indicado para tratamento de “pressão alta e insuficiência cardíaca”. 

O homem esfaqueado que mora na “Vicinal PA-Maria Preta”, foi encaminhado para o hospital em Ourilândia, e segundo informações da PM, o estado de saúde dele é delicado. (Com informações de Luiz Pereira)