INFORMAÇÕES

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Altamira (PA): Sete presos morrem após tentativa de fuga e rebelião em presídio

Sete detentos morreram durante um motim no Centro de Recuperação de Altamira, no sudoeste do Pará. Seis foram mortos por outros presos e um, carbonizado. Outros três ficaram feridos e foram levados para Unidade de Pronto Atendimento do município. Até então, não há confirmação de fuga.

Cerca de 120 detentos iniciaram o motim por volta das 01h30 desta terça-feira (18), depois que um grupo de 16 presos da cela 3, do bloco A, tentou fugir pela janela de ventilação do presídio. A situação foi controlada com apoio da Polícia por volta das 09h40, quando os presos se entregaram.

Os detentos disseram que estão insatisfeitos com o tratamento dado na unidade e reivindicaram celeridade na análise dos processos penais pela Justiça.

Eles queimaram a sala do gerador de energia e incendiaram a ala onde ficam os presos do regime semiaberto, a administração e parte da cozinha. Segundo a Susipe, parte das celas e grades, além da enfermaria e secretaria, foram depredadas.

A Polícia Militar informou que reforçou a segurança na parte externa do presídio. O Corpo de Bombeiros controlou as chamas por volta das 4h.

A Susipe informou que realiza recontagem e revista, com a apoio de policiais do Comando de Operações Especiais (COE) da PM que se deslocaram de Belém até Altamira.

Os corpos dos detentos mortos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML).

De acordo com a Susipe, o presídio tem capacidade para 208 presos, mas abriga 374. Um inquérito policial deve ser aberto para investigar o caso. (G1/PA)