INFORMAÇÕES

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

TO: Após longa espera menino tomou as primeiras doses de medicamento para combater doença rara

SUPERAÇÃO DA FAMÍLIA E DESCASO DO GOVERNO

Após esperar por mais de um ano, o menino João Gilberto, de 2 anos, finalmente começou o tratamento contra Atrofia Muscular Espinhal (AME) em abril deste ano. O garoto foi diagnosticado com o tipo dois da doença quando tinha oito meses. A mãe dele precisou entrar na Justiça para ter acesso ao medicamento, mas não conseguiu todas as doses necessárias. Foi aí que começou a campanha Ame João Gilberto.

Para apenas uma fase do tratamento são necessárias seis doses, que custam ao todo R$ 1,7 milhão. Com muita coragem e determinação, Maria de Jesus Ferreira deixou a tristeza de lado e começou a procurar ajuda. A história do menino comoveu milhares de pessoas e a família recebeu doações de vários países.

"Antes do medicamento ele estava perdendo o movimento dia após dia. Ele chegou a ficar nos travesseiros, não tinha controle de tronco. Hoje, o João ganhou, ganhou peso, movimentos. A respiração dele está bem melhor. Hoje eu durmo", comemorou. (G1/TO)