INFORMAÇÕES

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Elemento confessa que matou PM lotado em Rio Maria e se entrega acompanhado da mãe

Um homem suspeito de ter matado o policial militar José Nazareno Barbosa Feio, 50, lotado se entregou na tarde desta sexta-feira (11) na delegacia de Mocajuba, nordeste do Pará. Segundo a Polícia, o suspeito confessou o crime e chegou à delegacia acompanhado da mãe.

Familiares disseram que José Nazareno iria ao município de Cachoeira do Arari, onde nasceu e participaria de uma festa de aniversário.

O agente teve o corpo carbonizado em kitnet que pegou fogo em Ananindeua, região metropolitana. Testemunhas disseram que ouviram disparos de arma de fogo antes do incêndio.

O Corpo de Bombeiros disse que somente o laudo pericial pode confirmar se o incêndio foi criminoso.

MAIS
O sargento PM José Nazareno Barbosa Feio, de 50 anos, era comandante do 134º Posto Policial Destacado de Vila Betel, no município de Rio Maria, circunscrição do 17º Batalhão da PM, com sede no município de Xinguara, que estava de férias. (G1/PA)