INFORMAÇÕES

sexta-feira, 19 de abril de 2019

Lagoa da Confusão (TO): Indígena transexual supera preconceitos e se torna professora de crianças em aldeia

19 de abril: Dia do Índio

"Nosso dia deve ser comemorado com muitas manifestações". A frase sobre o Dia do Indígena, celebrado nesta sexta-feira (19), é da professora Deltino Uketê de 29 anos, da etnia Javaé. Mulher indígena transexual, a educadora dá aulas de língua indígena para crianças e adolescentes da aldeia Txuode na Ilha do Bananal, em Lagoa da Confusão.

A mulher conta que passou dificuldades até se tornar professora. Com difícil acesso à escola, começou a estudar com 9 anos em outras aldeias da região. Aos 17 anos precisou trabalhar como babá para que os primos mais velhos pudessem estudar e por isso ficou parte da adolescência sem frequentar a escola. Uketê só terminou o ensino médio aos 23 anos.