INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

segunda-feira, 17 de junho de 2019

TO: Presidente da Assembleia é indiciado por esquema de funcionários fantasmas que desviou R$ 1,1 milhão

O presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, Antônio Andrade (PHS), e o filho dele, o vereador Tony Andrade (PSD), e mais seis pessoas foram indiciados nesta segunda-feira (17) pela Polícia Civil suspeitos de envolvimento em um esquema de funcionários fantasmas.

Eles vão responder por peculato - desvio de dinheiro público - associação criminosa e continuidade delitiva. O grupo teria causado um prejuízo de R$ 1,1 milhão entre os anos de 2015 e 2019.

As investigações foram feitas pela Delegacia de Repressão a Crimes de Maior Potencial contra a Administração Pública (Dracma) de Palmas, dentro da operação Catarse.

Além de Antônio Andrade e Tony Andrade, seis pessoas que supostamente recebiam sem trabalhar também foram indiciadas:
Leandro Vinícius Ferreira Vilarinho
Franklin Delano Matos Maia
Antônia Rosal de Oliveira Vilarinho
Adriana Alves Paranhos
Ludovino Roma da Silva
Jales Macedo Fernandes
(G1/TO)